quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Quando tudo falha: a quem procurar?

Logicamente, uma possível resposta ao título dessa postagem será: Deus ou Jesus ou Jeová, etc.! Não querendo ser repetitivo, mas devemos buscar dentro de nós mesmos as respostas para nossos fracassos e desapontamentos. 

Infelizmente ou felizmente somos atores sociais voltados para essa "grande história" que se nos apresenta em formatos pouco claros e não usuais. Assim, como conhecemos a história que nos é contada e achamos coisa "mágica".

Absolutamente o oposto. A história contada é bem diversa daquela vivenciada. Há inúmeros exemplos na literatura que embelezam algo que foi terrível e exageram fatos que foram até aceitáveis para as épocas em que ocorreram.

Temos de ter em mente apenas uma coisa, olhar para nós mesmos e perguntarmos: como podemos ajudar ao que está precisando de uma palavra amiga ou de um conselho? O ser social, político, aquele interessado pelos assuntos da polis, tem de ouvir o povo e se interessar em ser útil, ter o que chamamos de animus adjuvandi. Procurar entender as situações e buscar consenso e alívio para os que realmente precisam.

Atirar palavras ao vento, dizendo que tudo falhou é uma pieguice imensa. Nada é falho. Todos temos um propósito aqui neste plano terreno. Deus (Jesus) chancela esse pensamento e nos convida a nos conhecermos para que não sejamos reféns de nós mesmos.

É o que penso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário